Avaliação não destrutiva de painéis de partículas de média densidade pelo método Stress Wave Timer

Stefânia Lima Oliveira, Rafael Farinassi Mendes, Lourival Marin Mendes, Carolina Rezende Pinto Narciso, Débora Pereira Ribeiro

Resumo


O objetivo deste trabalho foi verificar a eficiência da avaliação não destrutiva de propriedades mecânicas de painéis de madeira, pelo método de emissão de ondas de tensão (stress wave timer). Foram avaliados painéis MDP industriais, sendo cinco de eucalipto e cinco de pinus, ambos provindos de empresas nacionais, e outros cinco painéis de bagaço de cana importados da China. Para a avaliação não destrutiva dos painéis, foi utilizado o equipamento Metriguard, que utiliza o método de emissão de ondas de tensão Stress Wave Timer. O módulo de elasticidade (MOEd) obtido pelo método de stress wave timer foi confrontado com os valores determinados por meio de ensaios convencionais destrutivos de MOE e módulo de ruptura (MOR) à flexão estática. Em cada painel foram realizadas leituras nas direções longitudinal e transversal dos painéis. O método não destrutivo stress wave timer apresentou eficiência apenas para a utilização em painéis de bagaço de cana, podendo ser utilizado para predição do MOE e MOR desse tipo de painel.


Palavras-chave


Bagaço de cana; Eucalyptus; Pinus

Texto completo:

pdf

Referências


Almeida, D. H. de et al. Determinação da rigidez de Pinus elliottii em diferentes teores de umidade por meio de ensaios mecânicos não destrutivos. Scientia Forestalis, v. 44, n. 110, p. 303-309, 2016. DOI: 10.18671/scifor.v44n110.03.

Arruda, L. M. et al. Lignocellulosic composites from brazilian giant Bamboo (Guadua magna) part 1: Properties of resin bonded particleboards. Maderas Ciencia y Tecnologia, v. 13, n. 1, p. 49-58, 2011. DOI: 10.4067/S0718-221X2011000100005.

Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 14810-1: chapas de madeira aglomerada: terminologia. Rio de Janeiro, 2006a. 5 p. Parte 1.

Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 14810-3: chapas de madeira aglomerada: métodos de ensaio. Rio de Janeiro, 2006b.

Bodig, J. The process of NDE research for wood and wood composites. The e-Journal of Nondestructive Testing, v. 6, n. 3, 2001. Disponível em: . Acesso em: 21 set. 2015. Trabalho apresentado no International Symposium on Nondestructive Testing of Wood, 12., 2001, Sopron.

Bucur, V. Acoustics of wood. 2. ed. Basiléia: Birkhäuser, 2006. 393 p.

Chauhan, S. & Sethy, A. Differences in dynamic modulus of elasticity determined by three vibration methods and their relationship with static modulus of elasticity. Maderas, Ciencia y Tecnología, v. 18, n. 2, 2016. DOI: S0718-221X2016005000034.

European Committee for Standardization. EN 312: particleboard: specifications. Bruxelas, 1993.

Freire, C. S. et al. Avaliação do módulo de elasticidade dinâmico de diferentes tipos de painéis. In: ENCONTRO BRASILEIRO EM MADEIRAS E EM ESTRUTURAS DE MADEIRA, 13., 2012, Vitória. Anais... Vitória: [s.n.], 2012. CD-ROM.

Gaff, M. et al. Bending characteristics of hardwood lamellae in the elastic region. Composites Part B: Engineering, v. 116, n. 1, p. 61-75, 2017. DOI: j.compositesb.2016.12.058.

Han, G. et al. Stress-wave velocity of wood-based panels: effect of moisture, product type, and material direction. Forest Products Journal, v. 56, n. l, p. 28-33, 2006.

Indústria Brasileira de Árvores. IBÁ: Indústria Brasileira de Árvores. Brasília, DF, 2015. Relatório Ibá 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 jun. 2017.

Melo, R. R. & Del Menezzi, C. S. Estimativas das propriedades físico-mecânicas de compostos LVL confeccionados com Paricá por meio de ultrassom. Ciência Florestal, v. 26, n. 1, p. 263-272, 2016. DOI: 10.5902/1980509821118.

Mendes, R. F. et al. Determinação do módulo de elasticidade de painéis aglomerados por Stress Wave Timer. Floresta e Ambiente, v. 19, n. 2, p. 117-122, 2012. DOI: 10.4322/floram.2012.013.

Oliveira, S. L. et al. Particleboard panels made from sugarcane bagasse: characterization for use in the furniture industry. Materials Research, v. 19, n. 4, 2016. DOI: 10.1590/1980-5373-MR-2015-0211.

Pellerin, R. F. & Ross, J. R. Nondestructive evaluation of wood. Madison: Forest Products Laboratory, 2002. 210 p.

Protásio, T. P. et al. Correlações entre as propriedades físicas e mecânicas de painéis aglomerados de diferentes espécies de Eucalyptus. Floresta e Ambiente, v. 19, n. 2, p. 123-132. DOI: 10.4322/floram.2012.014.

Stangerlin, D. M. et al. Estimativa do módulo de elasticidade em painéis aglomerados por meio de emissão de ondas ultra-sonoras. Revista Eletrônica de Materiais e Processos, v. 5, n. 3, p. 17-22, 2010.

Targa, L. A. et al. Avaliação do módulo de elasticidade da madeira com uso de método não-destrutivo de vibração transversal. Engenharia Agrícola, v. 25, n. 2, p. 291-299, 2005. DOI: 10.1590/S0100-69162005000200001.

Vun, R. Y. et al. Through-thickness ultrasonic characterization of wood and agricultural fibre composites. Forest Products Journal, v. 54, n. 12, p. 233-239, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.4336/2017.pfb.37.91.1071

Direitos autorais 2017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional