Emergência de plântulas e crescimento inicial de copaíba sob diferentes substratos

Tatiane Sanches Jeromini, Ricardo Fachinelli, Givanildo Zildo da Silva, Suzana Targanski Sajovic Pereira, Silvana de Paula Quintão Scalon

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar uma emergência e crescimento inicial de mudas de copaíba ( Copaifera langsdorffi Desf.) Sob diferentes substratos. A semeadura foi realizada nos substratos: solo, Bioplant®, solo + areia, solo + Bioplant® e solo + areia + cama-de-frango. Foram avaliadas, velocidade de emergência e crescimento de plântulas. Para uma emergência de plântulas de copaíba são indicados todos os substratos, exceto mistura solo + areia + cama-de-frango. Para o crescimento inicial, indicado pelo índice de qualidade de Dickson, o melhor substrato foi solo solo.

Palavras-chave


Cerrado; Copaifera langsdorffi; Reflorestamento

Texto completo:

PDF

Referências


Antunes, L. E. C. et al. Influência do substrato, tamanho de sementes e maturação de frutos na formação de mudas de pitangueira. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 34, n. 4, p. 1216-1223, 2012. DOI: 10.1590/S0100-29452012000400031.

Artur, A. G. et al. Esterco bovino e calagem para formação de mudas de guanandi. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 6, p. 843-850, 2007. DOI: 10.1590/S0100-204X2007000600011.

Chagas Junior, A. F. et al. Desenvolvimento inicial de canafístula (Peltophorum dubium) em solos de cerrado no estado do Tocantins. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, n. 5, p. 69-75, 2013.

Deon, M. D. Crescimento e nutrição mineral da soja submetida a excesso de P, S, K, Ca e Mg em solução nutritiva. 2007. 71 f. Dissertação (Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Dickson, A. et al. Quality appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. Forest Chronicle, v. 36, p.10-13, 1960.

Dresch, D. M. et al. Initial growth of Campomanesia adamantium (Cambess.) O. Berg. seedlings on substrates with different compositions and water retention capacities. Bioscience Journal, v. 32, n. 1, p. 1-10, 2016. DOI: 10.14393/BJ-v32n1a2016-26121.

Dutra, T. R. et al. Emergência e crescimento inicial da canafístula em diferentes substratos e métodos de superação de dormência. Revista Caatinga, v. 25, n. 2, p. 65-71, 2012.

Ferreira, D. F. Sisvar: sistema de análise de variância para dados balanceados, versão 5.1 Build 72. Lavras: DEX/ UFLA, 2007.

Franzon, R. C. Fruteiras nativas do Cerrado têm potencial para exploração. Ecos do Tocantins, 01 dez. 2009.

Labouriau, L. G. A germinação das sementes. Lima: Secretaria Geral da OEA, 1983. 174 p. (OEA-Serie de Biologia. Monografia, 24).

Lima, J. F. et al. Avaliação de diferentes substratos na qualidade fisiológica de sementes de melão de caroá [Sicanaodorifera (Vell.) Naudim]. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 12, n. 2, p. 163-167, 2010.

Maguire, J. D. Speed of germination aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v. 2, n. 2, p. 176-177, 1962.

Marcos Filho, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. 2. ed. Londrina: ABRATES, 2015. 660 p.

Martins, C. C. et al. Posição da semente na semeadura e tipo de substrato sobre a emergência e crescimento de plântulas de Schizolobium parahyba (Vell.) S.F. Blake. Ciência Florestal, v. 22, n. 4, p. 849-856, 2012.

Masson, D. S. et al. Atividades antimicrobianas do óleo-resina de copaíba (Copaifera langsdorffii) em bactérias de significância clínica em úlceras cutâneas. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 15, n. 4, p. 664-669, 2013. DOI: 10.1590/S1516-05722013000500006.

Nogueira, N. W. et al. Emergência e desenvolvimento inicial de plântulas de Mimosa caesalpiniifolia Benth. em função de diferentes substratos. Revista Agroambiente On-line, v. 6, p. 17-24, 2012.

Paiva Sobrinho, S. et al. Substratos na produção de mudas de três espécies arbóreas do Cerrado. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 5, n. 2, p. 238-243, 2010. DOI: 10.5039/agraria.v5i2a741.

Pereira, M. D. S. Manual técnico: conhecendo e produzindo sementes e mudas da caatinga. Fortaleza: Associação Caatinga, 2011.

Ribeiro, R. A. & Rodrigues, F. M. Genética da conservação em espécies vegetais do cerrado. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, v. 5, n. 3, p. 253-260, 2006.

Santana, S. R. et al. Uso medicinal do óleo de copaíba (Copaifera sp.) por pessoas da melhor idade no município de Presidente Médici, Rondônia, Brasil. Acta Amazônica, v. 63, n. 4, p. 361-366, 2014. DOI: 10.15446/acag.v63n4.39111.

Santos, H. G. dos et al. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Brasília, DF: Embrapa, 2013. 353 p.

Scalon, S. P. Q. & Jeromine, T. S. Substratos e níveis de água no potencial germinativo de sementes de uvaia. Revista Árvore, v. 37, n. 1, 2013. DOI: 10.1590/S0100-67622013000100006.

Scalon, S. P. Q. et al. Photosynthetic metabolism and quality of Eugenia pyriformis Cambess. seedlings on substrate function and water levels. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 86, n. 4, p. 2040-20148, 2014. DOI: 10.1590/0001-3765201420130249.

Silva, A. L. & Morais, G. A. Influência de diferentes substratos no crescimento inicial de Ormosia arborea (Vell.) Harms (Fabaceae). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, n. 4, p. 22-27, 2013.

Silva, E. A. et al. Substratos na produção de mudas de mangabeira em tubetes. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 41, n. 2, p. 279-285, 2011. DOI: 10.5216/pat.v41i2.9042.

Souza, B. C. M. et al. Atividade antifúngica de óleos vegetais artesanais e industrializados sobre fitopatógenos de espécies florestais. Cadernos de Agroecologia, v. 8, n. 2, 2013.

Souza, C. C. et al. Avaliação de métodos de determinação de água disponível e manejo da irrigação em solo roxa sob cultivo de algodoeiro herbáceo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola Ambiental, v. 4, p. 338-342, 2000. DOI: 10.1590/S1415-43662000000300006.

Souza, D. C. F. Crescimento e desenvolvimento inicial de Plântulas de flor de seda (Calotropis procera) em diferentes substratos. 2010. 32 f. Monografia (Graduação em Agronomia) Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró.

Souza, E. R. B. et al. Emergência e crescimento de cagaita (Eugenia dysenterica DC em função do tipo e do volume de substratos. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 31, n. 2, p. 89-95, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.4336/2017.pfb.37.90.1189

Direitos autorais 2017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional