Crescimento de mudas de Lafoensia glyptocarpa utilizando lodo de esgoto compostado e diferentes lâminas de água

Autores

DOI:

https://doi.org/10.4336/2020.pfb.40e201901948

Resumo

Avaliou-se o crescimento de mudas de mirindiba (Lafoensia glyptocarpa Koehne) em diferentes concentrações de lodo de esgoto compostado (LEC), substrato comercial (SC) e lâminas de água (L). O delineamento experimental, em parcelas subdivididas, contou com 4 repetições, dispostas em 3 L e 5 diferentes tratamentos. Avaliou-se: altura, número de folhas, diâmetro do coleto, massa seca das raízes e parte aérea e o índice de qualidade de Dickson (IQD). O uso de SC + LEC apresentou os melhores resultados nos diferentes parâmetros, porém, o IQD sugere o uso de 100% LEC com irrigação L2 (25,5 mm 9 min ao dia).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Vinícius Bohrer Monteiro Siqueira, Universidade do Estado de Minas Gerais - Unidade FrutalAvenida Professor Mário Palmério nº1001Jardim Universitário, Frutal-MG CEP 38200-000Tel: +55 34 3423-2700

http://lattes.cnpq.br/7913322560877767

Referências

Araújo, A. P. & Paiva S. P. Germinação e produção de mudas de tamboril (Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong) em diferentes substratos. Revista Árvore, v. 35, n. 3, p. 581-588, 2011. https://doi.org/10.1590/S0100-67622011000400001.

Barbosa, G. M. C. et al. Efeito residual de lodo de esgoto na produtividade de milho safrinha. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, n. 3, p. 601-605, 2007. https://doi.org/10.1590/S0100-06832007000300020.

Barbosa, J. C. & Maldonado Júnior, W. Software AgroEstat: sistema de análises estatísticas de ensaios agronômicos. Jaboticabal: Universidade Estadual Paulista, 2016.

Caldeira, M. V. W. et al. Substratos alternativos na produção de mudas de Chamaecrista desvauxii. Revista Árvore, v. 37, n. 1, p. 31-39, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-67622013000100004.

Delarmelina, W. M. et al. Uso de lodo de esgoto e resíduos orgânicos no crescimento de mudas de Sesbania virgata (Cav.) Pers. Revista Agro@mbiente, v. 7, n. 2, p. 184-192, 2013. https://doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v7i2.888.

Dickson, A. et al. Quality appraisal of while spruce and white pine seedling stock in nurseries. Forestry Chronicle, v. 36, n. 1, p. 11-13, 1960.

Faria, J. C. T. et al. Uso de resíduos orgânicos na produção de mudas de Senna alata (L.) Roxb. Ecologia e Nutrição Florestal, v. 1, n. 3, p. 133-146, 2013. https://doi.org/10.5902/2316980X14754.

Fonseca, E. P. et al. Padrão de qualidade de mudas de Trema micranta (L.) Blume, produzidas sob diferentes períodos de sombreamento. Revista Árvore, v. 26, n. 4, p. 515-523, 2002. https://doi.org/10.1590/S0100-67622002000400015.

Gomes, J. M. & Paiva, H. N. Viveiros florestais: propagação sexuada. Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2006.

Gomes, J. M. et al. Parâmetros morfológicos na avaliação da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis. Revista Árvore, v. 26, n. 6, p. 655-664, 2002. https://doi.org/10.1590/S0100-67622002000600002.

Gonçalves, E. O. et al. Crescimento de mudas de Ateleia glazioviana em substratos contendo diferentes materiais orgânicos. Floresta e Ambiente, v. 21, n. 3, p. 339-348, 2014. https://doi.org/10.1590/2179-8087.029213.

Köppen, W. Climatologia: con un estudio de los climas de la tierra. Fondo de Cultura Econômica. México. 1948. 479 p.

Leila, S. et al. Fertilization value of municipal sewage sludge for Eucalyptus camaldulensis plants. Biotechnology Reports, v. 13, p. 8-12, 2017. https://doi.org/10.1016/j.btre.2016.12.001.

Lorenzi, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2002. 576 p.

Morgado, B. et al. Growth of Cecropia hololeuca in water blades and substrates formulated with sewage sludge. Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, v. 63, p.1-10, 2020. http://dx.doi.org/10.22491/rca.2020.3174.

Raij, B. V. et al. Análise química para avaliação e fertilidade de solos tropicais. Campinas: IAC, 2001. 285 p.

Santana, L. et al. Desenvolvimento de mudas de dedaleiro (Lafoensia pacari a. St.-Hill) mediante diferentes substratos e lâminas. Revista do Instituto Florestal, v. 31, p.147 - 156, 2019.

Siqueira, D. P. et al. Lodo de esgoto tratado na composição de substrato para produção de mudas de Lafoensia glyptocarpa. Floresta, v. 48, n. 2, p. 277-284, 2018. https://doi.org/10.5380/rf.v48i2.55795.

Downloads

Publicado

2020-12-27

Como Citar

OLIVEIRA, L. S.; ARAÚJO, F. M. de; COSTA, G. H. G.; LOBO, T. F.; SIQUEIRA, M. V. B. M. Crescimento de mudas de Lafoensia glyptocarpa utilizando lodo de esgoto compostado e diferentes lâminas de água. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], v. 40, 2020. DOI: 10.4336/2020.pfb.40e201901948. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/ojs-3.2.1-1/index.php/pfb/article/view/1948. Acesso em: 21 jan. 2021.

Edição

Seção

Notas Científicas