Caracterização e dinâmica da vegetação de uma Savana Estépica Parque, Barra do Quaraí, RS, Brasil

Luciano Farinha Watzlawick, Solon Jonas Longhi, Paulo Renato Schneider, César Augusto Guimarães Finger, Regis Villanova Longhi

Resumo


O objetivo foi caracterizar a florística, estrutura fitossociológica e dinâmica em Savana Estépica Parque no Parque Estadual do Espinilho, Barra do Quaraí, RS. Em unidade amostral permanente de 1 ha, foram identificados e medidos os indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) ≥ 10 cm. A florística constitui-se de Prosopis affinis, Prosopis nigra, Acacia caven e Scutia buxiflora, possuindo densidade de 141 e 145 indivíduos por hectare nos anos de 2001 e 2009. O incremento médio anual foi de 0,027 cm ha-1 ano-1, com taxas de ingresso e mortalidade de 0,36% ao ano. Pode-se concluir que a vegetação encontra-se estagnada.

doi: 10.4336/2010.pfb.30.64.363


Palavras-chave


Parque do espinilho, Prosopis, crescimento, fitossociologia.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional