Zoneamento climático para a grevílea (Grevillea robusta) para o Estado do Paraná

Elenice Fritzsons, Antonio Aparecido Carpanezzi, Marcos Silveira Wrege, Ananda Virgínia de Aguiar

Resumo


A grevílea (Grevillea robusta A. Cunn) é uma espécie arbórea originária da Austrália e foi introduzida no Brasil no final do século 19. Novas progênies foram importadas e testadas pela Embrapa Florestas desde a década de 1990. Apesar do grande interesse em seu plantio no Paraná, até o momento, não há um zoneamento climático ou edafoclimático para a espécie. Foram definidos critérios restritivos e favoráveis ao cultivo da grevílea para o Estado do Paraná: temperatura média anual e temperatura média anual do mês de julho. As áreas mais indicadas para o plantio comercial situam-se no norte, noroeste, oeste e sudoeste, áreas mais quentes do estado. As áreas não recomendadas correspondem às do Planalto de Palmas e Guarapuava e do entorno, bem como de União da Vitória e bacias do Alto Iguaçu e Alto Capivari. As áreas toleradas estão entre as zonas não recomendadas e as zonas preferenciais, e situam-se ao longo de uma faixa central no estado.

 

doi: 10.4336/2010.pfb.30.61.17


Palavras-chave


Zoneamento, grevílea, zoneamento climático, Paraná.

Texto completo:

pdf




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / EbscoAGRISAgrobase / Binagre , BDPACABI DirectCCNDiadorim , DOAJe.journalsForestry CompendiumGenamics JournalSeekGoogle AcadêmicoJournals for freeLatindexLivreMiarOasisbrPeriodicaPortal da CapesRCAAPRoadSabiiaScilitRedib.

 

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional