Crescimento e balanço nutricional de mudas de Enterolobium contortsiliquum com aplicação de substratos orgânicos e água residuária

Emanuel França Araújo, Adriana Miranda de Santana Arauco, Julian Junio de Jesús Lacerda, Rafael Felippe Ratke, João Carlos Medeiros

Resumo


Diante da geração acentuada de resíduos orgânicos sólidos e efluentes, a utilização desses materiais como fonte primária de nutrientes consiste em uma importante prática de gestão ambiental, sobretudo na produção de mudas com ênfase à recuperação de áreas degradadas. Objetivou-se com este trabalho avaliar o crescimento e o balanço nutricional de mudas de tamboril (Enterolobium contortsiliquum (Vell.) Morong) cultivadas em substratos com diferentes formulações e proporções de resíduos orgânicos irrigados com água residuária. Foram testados cinco proporções de composto orgânico e solo: 0:100; 20:80; 40:60; 60:40 e 80:20 v/v, e duas qualidades de água de irrigação: água de abastecimento e água residuária de suinocultura, dispostos em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial, 5 x 2, com quatro repetições. Aos 90 dias, foram avaliadas as variáveis morfológicas, índices do sistema integrado de diagnose e recomendação e do balanço nutricional médio das mudas. Constatou-se que o resíduo orgânico contribui para o crescimento e o equilíbrio nutricional das mudas. A proporção 80:20 mostrou-se a mais indicada à produção de mudas de tamboril. O crescimento e balanço nutricional das mudas foram inferiores nos tratamentos que receberam irrigação com água residuária de suinocultura.


Palavras-chave


Bagana de carnaúba; Cama de frango;Dejetos suínos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2016.pfb.36.86.1135



Direitos autorais 2016

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional