Restauração na Floresta Ombrófila Mista através da sucessão natural

Autores

  • Ademir Reis Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas
  • Deisy Regina Tres Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas
  • Eliziane Carla Scariot Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas

Palavras-chave:

Restauração ecológica, sucessão natural, técnicas nucleadoras

Resumo

Teoriza-se sobre a importância da restauração como uma ferramenta para a conservação ambientalatravés do uso de técnicas nucleadoras capazes de facilitar o processo sucessional em áreas degradadas,envolvendo organismos produtores, consumidores e decompositores. Esta proposta mostra que o processosucessional envolve todos os componentes do ecossistema, onde se destaca a importância dos fragmentos vegetacionais mais próximos das áreas a serem restauradas, de forma a criar uma maior conectividade dentro da paisagem envolvida. São indicadas como técnicas nucleadoras a transposição de solo, poleiros artificiais, coleta de sementes de espécies nucleadoras com manutenção da variabilidade genética, plantio de mudas em ilhas de alta diversidade e transposição de chuva de sementes. As técnicas nucleadoras devem garantir uma maiorconectividade com os fragmentos da região,  ropiciando um aumento contínuo da biodiversidade e resiliênciana área degradada, mantendo uma estabilidade dinâmica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

REIS, A.; TRES, D. R.; SCARIOT, E. C. Restauração na Floresta Ombrófila Mista através da sucessão natural. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], n. 55, p. 67, 2010. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/120. Acesso em: 4 ago. 2021.

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.