Proposta para conservação genética da Araucaria angustifolia

Juliana Vitoria Messias Bittencourt

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar conceitos genéticos desenvolvidos para conservação e
restauração de populações de plantas. Adicionalmente, propõem-se linhas gerais para a conservação da Araucaria angustifolia no Estado do Paraná. Princípios de genética ecológica e ecologia de paisagem estão sendo desenvolvidos para embasar estratégias de conservação e restauração de habitats. Embora não se pretenda que todos os planos sejam estabelecidos com estes princípios, é necessário utilizá-los no embasamento de políticas a serem aplicadas em espécies-chave. Primeiramente, esse trabalho descreve informações sobre a espécie e sua conservação genética. Posteriormente é apresentada uma revisão sobre o impacto da fragmentação florestal nas populações de plantas, em particular as conseqüências genéticas. Finalmente, o trabalho apresenta linhas para
a conservação genética da Araucaria angustifolia no  Estado do Paraná sob princípios de paisagem, múltiplos
atores e estratégias pró-ativas para conservação dos recursos genéticos de plantas.

Palavras-chave


Floresta com araucária, planos de restauração, conservação de plantas, fragmentação florestal.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional