Efeito da antraquinona na curva de cozimento kraft para madeira do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla

Magnos Alan Vivian, Francides Gomes da Silva Júnior

Resumo


O presente estudo teve por objetivo avaliar os efeitos da adição da antraquinona em uma curva de cozimento, com diferentes cargas de reagentes, por meio do processo kraft de polpação, para a madeira de híbrido de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, visando inferir sobre os parâmetros do processo. A madeira foi transformada em cavacos e classificada para condução das curvas de cozimento kraft. As cargas aplicadas foram de 10% a 24% de álcali ativo e 25% de sulfidez, com uma carga de antraquinona de 0,05% (sobre a massa seca de madeira). Avaliou-se o rendimento bruto e depurado, o teor de rejeitos, o número kappa (nível de deslignificação) e o álcali ativo residual. Observou-se que a adição da antraquinona não afetou o rendimento bruto do processo, porém aumentou o rendimento depurado através da redução do teor de rejeitos, em especial para as baixas cargas de álcali ativo (10% e 12%). Outro efeito observado foi a redução do número kappa com a adição da antraquinona, o que indica o aumento da taxa de deslignificação da madeira. Esse aumento é reforçado pelo menor álcali ativo residual, o que se subentende maior aproveitamento dos reagentes no processo.

Palavras-chave


Fabricação de pasta celulósica; Aditivo de cozimento; Polpa de madeira

Texto completo:

PDF

Referências


Alencar, G. S. B. Estudo da qualidade da madeira para produção de polpa celulósica relacionada à precocidade na seleção de um Híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla. 2002. 73 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Almeida, F. S. Influência da carga alcalina no processo de polpação Lo-Solids® para madeiras de eucalipto. 2003. 115 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 11941: madeira: determinação da densidade básica. Rio de Janeiro, 2003. 6 p.

Bassa, A. G. M. C. et al. Misturas de madeira de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla e Pinus taeda para produção de celulose kraft através do Processo Lo-Solids®. Scientia Forestalis, n. 75, p. 19-29, 2007.

Biasca, K. L. A survey of pulp mill use of anthraquinone. Tappi Journal, v. 81, n. 1, p. 78-79, 1998.

Bugajer, S. et al. Otimização do processo de polpação kraft de eucalipto. O Papel, São Paulo, n. 2, p. 41-47, 1980.

Burger, L. M. & Richter, H. G. Anatomia da madeira. São Paulo: Nobel, 1991. 154 p.

Cardoso, G. V. et al. Efeito do teor de lignina da madeira de Eucalyptus globulus Labill. no desempenho da polpação kraft. Ciência Florestal, v. 21, n. 1, p. 133-147, 2011. DOI: 10.5902/198050982756.

Carneiro, G. J. C. et al. Aumento de rendimento através do uso de antraquinona os resultados da Bahia Sul Celulose. In: SEMINÁRIO SOBRE PRODUÇÃO DE CELULOSE - NOVAS PRÁTICAS E TECNOLOGIA, 2003, São Paulo. Anais... São Paulo: ABTCP, 2003.

Carvalho, M. G. V. S. Efeito das variáveis de cozimento nas características químicas de pastas kraft de Eucalyptus globulus. 1999. 269 f. Tese (Doutorado em Engenharia Química) – Universidade de Coimbra, Coimbra.

Duarte, F. A. S. Avaliação da madeira de Betula pendula, Eucalyptus globulus e de híbrido de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla destinadas à produção de polpa celulósica kraft. 2007. 107 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Gomide, J. L. Antraquinona: Um eficiente aditivo para polpação alcalina de madeiras. Viçosa, 1980. 27 p. (Boletim técnico, 6).

Gomide, J. L. & Oliveira, R. C. Eficiência da antraquinona na polpação alcalina do eucalipto. O Papel, v. 41, n. 1, p. 67-72, 1980.

Gomide, J. L. & Oliveira, R. C. Eficiência da antraquinona na polpação alcalina de eucalipto. Revista Árvore, v. 3, n. 2, p. 208-220, 1979.

Grace, T. M. et al. Pulp and paper manufacture: volume 1: Alkaline pulping. Atlanta: TAPPI, 1989. p. 15-22.

Indústria Brasileira de Árvores. IBÁ: Indústria Brasileira de Árvores. Brasília, DF, 2017. 80 p. Relatório IBÁ. Disponível em: < http://iba.org/images/shared/Biblioteca/IBA_RelatorioAnual2017.pdf>. Acesso em: 18 dez. 2017.

Jerônimo, L. H. et al. Adição de antraquinona na polpação alcalina de Eucalyptus saligna. Ciência Florestal, v. 10, n. 2, p. 31-37, 2000. DOI: 10.5902/19805098468.

Longue Júnior, D. & Colodette, J. L. Remoção de hemiceluloses da madeira por tratamento de auto-hidrólise. Ciência Florestal, v. 21, n. 3, p. 541-550, 2011. DOI: 10.5902/198050983811.

Queiroz, S. C. S. & Gomide J. L. Efeito das características anatômicas e químicas na densidade básica da madeira de clones de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla. O Papel, v. 64, n. 5, p. 79-84, 2003.

Robles, Y. A. M. et al. Utilização de antraquinona e polissulfeto como aditivos do processo kraft para produção de celulose de Eucalyptus. O Papel, maio, p. 43-52, 1997.

Santos, S. R. & Sansígolo, C. A. Influência da densidade básica da madeira de clones de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla na qualidade da polpa branqueada. Ciência Florestal, v.17, n.1, p. 53-63, 2007. DOI: 10.5902/198050981935.

Segura, T. E. S. Avaliação das madeiras de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla e Acacia mearnsii para a produção de celulose kraft pelos processos convencional e Lo-Solids®. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Silva Júnior, F. G. Polpação kraft do eucalipto com adição de Antraquinona, polissulfetos e surfactante. 1997. 116 f. Tese (Doutorado em Engenharia Química) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

Technical Association of the Pulp and Paper Industry (Atlanta, EUA). Test methods. Atlanta, 2007. 2 v.

Vivian, M. A. Aumento da eficiência do processo kraft de polpação a partir de pré-tratamento de cavacos de madeira de eucalipto. 2015. 125 f. Tese (Doutorado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.




DOI: https://doi.org/10.4336/2017.pfb.37.92.1267



Direitos autorais 2017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / EbscoAGRISAgrobase / Binagre , BDPACABI DirectCCNDiadorim , DOAJe.journalsForestry CompendiumGenamics JournalSeekGoogle AcadêmicoJournals for freeLatindexLivreMiarOasisbrPeriodicaPortal da CapesRCAAPRoadSabiiaScilitRedib.

 

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional