Criptoméria como espécie alternativa para produção de madeira no Paraná

Jarbas Yukio Shimizu, Riceli Antunes Maiochi

Resumo


A criptoméria (Cryptomeria japonica (L. F.) D. Don.) é uma espécie alternativa potencial para produção de madeira no Estado do Paraná. Neste estudo, foram comparadas as produtividades de plantios feitos com
sementes de várias origens com um material genético existente no País, introduzido de origem desconhecida. Os plantios experimentais foram estabelecidos em três locais, com tipos de solos e precipitações  luviométricas
médias anuais distintos. Houve variações entre origens quanto à intensidade de danos causados pelas geadas
e, também, quanto ao crescimento das árvores. Dentre os locais em que foram plantados os experimentos, o maior potencial de produção de madeira de criptoméria foi verificado em Cantagalo, onde o solo é caracterizado como Cambissolo de basalto e há maior precipitação pluviométrica (1.831 mm/ano), em comparação com Rio Negro e Colombo, onde as precipitações são de 1.420 mm e 1.407 mm, respectivamente. As origens de maior potencial
para a produção de madeira, em todos os locais testados, foram das províncias de Nara, Miyagi e Shimane. Essas são de locais com temperatura média anual maior que 12 oC. As de locais mais frios como das províncias de Akita e Toyama apresentaram baixa produtividade no Paraná.

Palavras-chave


Cryptomeria japonica, origens, qualidade de sítio, produtividade

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional