Variação radial de densidade básica em diferentes procedências de Grevillea robusta Cunn

Patrícia Póvoa de Mattos, Emerson Gonçalves Martins, Martha Andréia Brand, Eduardo Bittencourt

Resumo


O objetivo deste trabalho foi estimar a variação radial da densidade básica em amostras de madeira de diferentes procedências de Grevillea robusta Cunn. As amostras foram retiradas de árvores com sete anos, de um teste de procedência instalado em área da Itaipu Binacional, Município de Foz do Iguaçu, Paraná. As árvores foram selecionadas em três níveis, de acordo com o seu crescimento volumétrico, classificado como excelente, intermediário e lento. Foram retiradas amostras de casca a casca da tábua central da parte superior da primeira tora. Estas foram subdivididas em amostras de 1,0 cm na direção radial. A densidade básica foi determinada para cada sub amostra, e foi estabelecida a percentagem de variação radial, considerando o maior e o menor valor da densidade básica no mesmo raio. A densidade básica média de 0,47g/cm³, e a percentagem média de variação de 12,9%. Foi observada variação radial de densidade básica entre as procedências e progênies. Não foi encontrada correlação entre a variação da densidade básica e o diâmetro das árvores. Resultados mais conclusivos deverão ser obtidos com uma amostragem mais ampla.

Palavras-chave


Propriedades da madeira; Grevilea; Melhoramento

Texto completo:

PDF

Referências


BOLAND, B. C. Forest trees of Australia. East Melborne: Nelson: CSIRO, 1984. 687 p.

CARACTERISTICAS físicas e mecânicas de madeiras do Rio Grande do Sul. Anuário Brasileiro de Economia Florestal, Rio de Janeiro, v. 4, n. 4, p. 202-212,1951.

CARVALHO, P. E. R. Espécies introduzidas alternativas às do gêneros Pinus e eucalyptus para reflorestamento no centro-sul do Brasil. In: GALVÃO, A. P. M. (Coord.). Espécies não tradicionais para plantios com finalidades produtivas e ambientais. Colombo: Embrapa Florestas, 1998. p. 75-99.

CHAUHAN, L. et al. Interclonal, intraclonal and within tree variation in wood parameters of different clones of Populus deltoides. Indian Forester, Dehra Dun, v. 127, n. 7, p. 777-784, 2001.

CRUZ, C. R. da; LIMA, J. T.; MUNIZ, G. I. B. de Within trees and between clones variations of the wood physical and mechanical properties of Eucalyptus hybrids. Scientia Forestalis, Piracicaba: n. 64, p. 33-47, 2003.

FERREIRA, C. A.; MARTINS, E. G. O potencial da grevílea (Grevillea robusta A. Cunn.) pra reflorestamento. In: GALVAO, A.P.M. (Coord.). Espécies não tradicionais para plantios com finalidades produtivas e ambientais. Colombo: Embrapa Florestas, 1998. 178 p. Staff cnpf. Seminario realizado em Curitiba, de 6 a 8 de outubro de 1998.

HARWOOD, C. E. Natural distribution and ecology of Grevillea robusta. In:HARWOOD, C. E. Grevillea robusta in agroforestry and forestry. Nairobi: ICRAF, 1992. p. 21-28.

HARWOOD, C. E.; GETAHUN, A. Australian tree finds success in Africa. Agroforestry Today , Nairobi, v. 2, n. 1, p. 8-10, jan./mar. 1990.

INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ. Cartas climáticas básicas do Estado do Paraná1978. Londrina, 1978. 38 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DO CAFÉ. Cultura do café no Brasil. Rio de Janeiro,1981. 23 p.

JAIN, J. C.; PANDEY, C. N. Effect of moisture on flexural properties of Grevillea robusta (silver oak) wood. Indian Journal of Forestry, v. 5, n. 1, p. 50-51, 1982.

JORGE, F.; PEREIRA, H. Influência da Silvicultura na qualidade da madeira. Revista Florestal, v. 11, n. 2, p. 27-31, jul./dez. 1998. Cadernos Florestais:tecnologia dos produtos florestais.

KAMALA, B. S.; KOTHIYAL, V.; SHARMA, S. K. Assessment of wood quality of Grevillea robusta from Bangalore, Karnataka. Indian Forester, v. 126, n. 6, p. 625-633, jun. 2000.

MARTINS, E. G. O; SHIMIZU, J. Y.; FERREIRA, C. A. Desempenho de procedências de grevílea em Quedas do Iguaçu, PR. Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 40, p. 45-56, 2000.

MATTOS, P. P.; BOTOSSO, P. C.; FERREIRA, C. A.; SILVA, H. D.; BELLOTE, A. F. J.; MARTINS, E. G. Metodologia para estudos da influência de tratos silviculturais na qualidade da madeira . Colombo: Embrapa Florestas, 2003. (Embrapa Florestas. Comunicado Técnico, 91).

ONGUGO, P. O. Place of Grevillea robusta in national agroforestry and wood production policies and plans. In: HARWOOD, C. E. Grevillea robusta in agroforestry and forestry. Nairobi: ICRAF, 1992. p. 29-36.

OWINO, F. Trends in growing and utilization of Grevillea robusta as an exotic. In: HARWOOD, C. E. Grevillea robusta in agroforestry and forestry. Nairobi: ICRAF, 1992. p. 17-19.

PEREIRA, J. C. D.; SCHAITZA, E. G.; BAGGIO, A. J. Propriedades físicas e químicas e rendimentos da destilação seca da madeira de Grevillea robusta. Colombo: Embrapa Florestas, 2000. 10 p. (Embrapa Florestas. Circular Técnica,40).






Direitos autorais 2004

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / EbscoAGRISAgrobase / Binagre , BDPACABI DirectCCNDiadorim , DOAJe.journalsForestry CompendiumGenamics JournalSeekGoogle AcadêmicoJournals for freeLatindexLivreMiarOasisbrPeriodicaPortal da CapesRCAAPRoadSabiiaScilitRedib.

 

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional