Dendrocronologia de espécies da Floresta Ombrófila Mista do Município de Candói, PR

Patricia Póvoa de Mattos, Andreia Taborda dos Santos, Yeda Maria Malheiros de Oliveira, Maria Augusta Doetzer Rosot

Resumo


Foi analisado o potencial dendrocronológico de seis espécies da Floresta Ombrófila Mista (FOM).
Foram coletados troncos em Candói, PR, em uma área pertencente a ELEJOR, Centrais Elétricas do Rio Jordão,
sendo três a seis indivíduos das espécies: Araucaria angustifolia, Clethra scabra, Cedrela lilloi, Ocotea
porosa, Podocarpus lambertii e Sebastiania commersoniana. Os troncos foram serrados, sendo retiradas amostras à altura do peito, da prancha central, de casca a casca, cruzando a medula, para análise macroscópica. Essas amostras foram secas e lixadas, possibilitando o reconhecimento e medição dos anéis de crescimento. A série climática utilizada foi disponibilizada pelo Instituto Tecnológico SIMEPAR. As árvores apresentavam diâmetro à altura do peito (DAP) variando de 14 cm a 40 cm e, em média, 60 anos e incremento anual médio de 0,6 cm. Apesar do número de árvores ser pequeno, foi possível observar que as condições do ambiente não foram limitantes para as espécies, pois os anéis de crescimento se mostram pouco sensíveis. Entretanto, as condições climáticas extremas dos anos de 1999 e 2000, quando ocorreu período de precipitação extremamente baixa, seguido por inverno muito rigoroso, foi registrado nos anéis de crescimento em muitos discos analisados nesse trabalho.

Palavras-chave


Anéis de crescimento, precipitação pluviométrica, temperatura, dinâmica de florestas, Mata Atlântica

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional