Aplicação de silicatos de cálcio e de potássio e o crescimento de mudas de Eucalyptus grandis

Itamar Antonio Bognola, Lina Avila Clasen, Luziane Franciscon, Jose Luiz Gava, Renato Antonio Dedecek, Fernando Márcio da Silva

Resumo


O uso de silicato é uma prática que vem sendo adotada com frequência em culturas anuais, muito embora poucos trabalhos tenham sido realizados com intuito de verificar sua eficiência em espécies florestais arbóreas. O objetivo principal desta pesquisa foi avaliar o efeito da aplicação de silicatos de cálcio e de potássio no crescimento de mudas de Eucalyptus grandis. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, no Município de Alambari, SP. O delineamento usado foi inteiramente ao acaso, com oito tratamentos, três repetições e 25 plantas por parcela, sendo mantidas na umidade de capacidade de campo. As mudas foram plantadas em tubetes de plástico, utilizando substrato local, com adubação básica e silicatos. Diâmetro de colo, altura e biomassa verde e seca das mudas foram determinados 150 dias após a aplicação dos silicatos. Verificou-se que a aplicação dos silicatos, via substrato ou foliar, em mudas de eucalipto, mostrou-se inadequada quando o substrato utilizado apresentou composição básica equilibrada em termos de nutrientes e pH.

doi: 10.4336/2011.pfb.31.66.83


Palavras-chave


Silício; Adubação; Nutrição florestal

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2011

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional