Comparação entre três diferentes métodos de análise de tecido vegetal

Sandro Vaccaro, Eleandro José Brun, Mauro Valdir Schumacher, Flávia Gizele König, Isabel Sandra Kleinpaul, Denise Ester Ceconi

Resumo


O presente trabalho objetivou comparar três diferentes métodos de análise química de tecido vegetal: o de digestão nitro-perclórica, o método Tedesco et al. e o de Adler & Wilcox. Como material, foram analisadas três amostras da fração folhas da serapilheira coletada em cada um de dois fragmentos de Floresta Estacional Decidual. Os materiais foram coletados em agosto de 1990 na floresta do Morro do Elefante (Santa Maria, RS) e em agosto de 1995 na floresta de Santa Tereza, RS. As análises foram efetuadas no Laboratório de Ecologia Florestal, pertencente ao Departamento de Ciências Florestais da Universidade Federal de Santa Maria. Os resultados evidenciaram que os teores de P extraídos pelo método de Adler & Wilcox e pelo de digestão nitroperclórica foram semelhantes. O teor de K extraído pelos três métodos foi semelhante. O método de digestão nitro-perclórica extraiu teores altíssimos de Ca e relativamente superiores de Mg. O método Tedesco et al. apresentou menor eficiência de extração para P, Ca e Mg. Apesar de o método de digestão nitro-perclórica apresentar maiores riscos de uso, possui maior eficiência de extração.

Palavras-chave


Método de análise química; Folhedo

Texto completo:

PDF

Referências


MACHADO, P. F. S.; LONGHI, S. J. Aspectos florísticos e fitossociológicos do “Morro do Elefante”, Santa Maria, RS. Ciência Rural, Santa Maria, v. 20, n. 3-4, p. 261-280, 1990.

MORENO, J. A. Clima do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Secretaria da Agricultura, 1961. 73 p.

SARRUGE, J. R.; HAAG, H. P. Análise química das plantas. Piracicaba: ESALQ, 1974. 56 p.

STRECK, E. V.; KÄMPF, N.; DALMOLIN, R. S. D.; KLAMT, E.; NASCIMENTO, P. C.; SCHNEIDER, P. Solos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Emater/RS: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2002. 107 p.

TEDESCO, M. J.; VOLKWEISS,S. J.; BOHNEN, H. Análises de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Departamento de Solos, 1985. Paginação irregular. (UFRGS. Boletim Técnico, 5).

TEDESCO, M. J.; GIANELLO, C.; BISSANI, C. A.; BOHNEN, H.; VOLKWEISS, S. J. Análise de solo, plantas e outros materiais. 2. ed. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Departamento de Solos, 1995. 118 p. (UFRGS. Boletim Técnico, 5).

VACCARO, S. Caracterização fitossociológica de três fases sucessionais de uma Floresta Estacional Decidual, no município de Santa Tereza - RS. 1997. 92 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.






Direitos autorais 2004

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional