Acúmulo de Nutrientes na Biomassa e na Serapilheira de Eucalyptus grandis em Função da Aplicação de Lixo Urbano e de Nutrientes Minerais

Guilherme de Castro Andrade, Antonio Francisco Jurado Bellote, Helton Damin da Silva, Nivaldo Eduardo Rizzi, José Luiz Gava

Resumo


Quantidades significativas de resíduos orgânicos são produzidas a cada ano pela população, tornando-se indispensável obter práticas econômicas e seguras para a disposição e utilização destes. A aplicação de resíduos orgânicos em plantios florestais é uma alternativa a ser considerada. Este trabalho avaliou os efeitos da aplicação de lixo urbano e da adubação mineral em Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden sobre o acúmulo de nutrientes na serapilheira e na biomassa aérea das árvores aos 86 meses de idade, em Itatinga, SP, em Neossolo Quartzarênico Órtico típico. Verificou-se, nas pcarcelas experimentais com lixo urbano, maiores valores para biomassa arbórea (36,9 % de ganho com relação à testemunha) e maiores conteúdos de N, P, K e Ca no sítio antes do corte das árvores. Após a retirada de madeira (alburno e cerne), observou-se também que com a manutenção das outras partes da árvore nessas parcelas, houve uma maior disponibilização desses nutrientes no sítio, cujos valores foram entre 18 % e 49 % a mais dos conteúdos encontrados para a testemunha, que poderão contribuir para a manutenção da produtividade. Os resultados evidenciaram a importância de se manter a casca das árvores no sítio, pois o descascamento feito no local propiciou, em média, um retorno de 32 % do total de nutrientes acumulados na biomassa aérea. Também, na colheita da madeira, galhos, folhas, ponteiras e serapilheira, devem ser mantidos no campo como um meio de se aumentar o estoque de nutrientes das próximas rotações.

Palavras-chave


Plantios florestais, resíduos orgânicos, adubação, nutrição mineral.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2011

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional