Patogenicidade de Isolados de Fusarium spp. e Phytophthora palmivora Associados com a Podridão do Estipe da Pupunheira no Paraná

Sandro Alex Rosa Alves, Álvaro Figueredo dos Santos, Dauri José Tessmann, João Batista Vida

Resumo


Este trabalho teve como objetivo avaliar a patogenicidade de isolados de Fusarium spp. e Phytophthora palmivora associados com a podridão do estipe da pupunheira. Quatro isolados de P. palmivora e 15 de Fusarium spp. foram inoculados em caules com ferimentos, usando-se um disco de micélio-ágar como inóculo. A avaliação consistiu naobservação dos sintomas de amarelecimento e morte da folha bandeira e folhas externas. Os resultados mostraram que P. palmivora causou danos mais severos do que Fusarium spp, e que ocorrem diferenças na agressividade dos isolados desses patógenos.

Palavras-chave


Bactris gasipaes, patogenicidade, Fusarium spp.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2011

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / EbscoAGRISAgrobase / Binagre , BDPACABI DirectCCNDiadorim , DOAJe.journalsForestry CompendiumGenamics JournalSeekGoogle AcadêmicoJournals for freeLatindexLivreMiarOasisbrPeriodicaPortal da CapesRCAAPRoadSabiiaScilitRedib.

 

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional