Estimativas de parâmetros genéticos e a variabilidade em procedências e progênies de Handroanthus vellosoi

Camila Moreira Batista, Miguel Luiz Menezes Freitas, Marcela Aparecida de Moraes, Antonio Carlos Scatena Zanatto, Pedro César dos Santos, Marcelo Zanata, Mario Luiz Teixeira de Moraes, Alexandre Magno Sebbenn

Resumo


O presente estudo objetivou estimar parâmetros genéticos e a variabilidade entre e dentro de procedências, para caracteres silviculturais em um teste de procedências e progênies de Handroanthus vellosoi (Toledo) Mattos estabelecido na Estação Experimental de Luiz Antônio (SP). O teste foi instalado no delineamento experimental de blocos de famílias compactas, com duas procedências (alocadas nas parcelas), seis repetições e sub-parcelas lineares de cinco plantas, totalizando 35 progênies. O ensaio foi mensurado para os caracteres diâmetro à altura do peito, altura de planta, volume cilíndrico, forma do fuste e sobrevivência aos 24 anos de idade. Diferenças significativas entre procedências foram observadas apenas para o caráter forma do fuste. Pela análise de deviance foram detectadas diferenças significativas para o efeito de progênies para análise conjunta das procedências  (população experimental), sugerindo que esta tem alta  variação genética e indicando possibilidade de  melhoramento genético pela seleção das melhores progênies. A estimativa de herdabilidade em nível individual e média de progênies variaram de baixa a moderada (26% para DAP, 32% para altura, 24% para volume cilíndrico, 27% para forma do fuste e 46% para sobrevivência), confirmando a possibilidade de melhoramento genético por seleção e que as procedências tem potencial para responder à pressão de seleção natural.

Palavras-chave


Conservação ex situ, Espécies arbóreas tropicais, Genética de populações, Genética quantitativa

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336//2012.pfb.32.71.269



Direitos autorais 2012

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional