Redução de incertezas em análise de vulnerabilidade às mudanças climáticas para Dicksonia sellowiana

Marcelo Brilhante de Medeiros, Mahalia Sojo Cardoso, Rafael Walter Albuquerque, Sérgio Eustáquio Noronha

Resumo


Este estudo teve por objetivo estabelecer predições do impacto das mudanças climáticas em cenários futuros sobre Dicksonia sellowiana (Pres.) Hook, por meio de modelos de distribuição de espécies e uso de técnicas que diminuam o grau de incerteza nesse tipo de modelagem. Para a geração dos modelos foram utilizados cinco algoritmos disponíveis no programa Openmodeller. A modelagem incluiu o modelo climático HadCM3, com projeções para o ano 2050, em dois cenários de emissão de CO2: pessimista (A2) e otimista (B2). Todos os algoritmos apresentaram eficiência nas projeções para o clima atual, o que foi validado pelos valores da área sobre a curva ROC e pelo índice de Kappa. Considerando os remanescentes de habitats disponíveis para a espécie, os resultados apresentaram diferenças significativas entre as projeções de área com o clima atual e em relação às áreas em cenários climáticos futuros. Esses modelos indicaram reduções de área potencial superiores a 50% para a espécie. Mesmo considerando os valores bons e excelentes de acurácia com os dados de clima atual, a variabilidade das projeções de distribuição para o clima no futuro indica a necessidade do uso de técnicas de consenso para a redução das incertezas associadas a este tipo de modelagem.


Palavras-chave


Mata Atlântica; Xaxim; Aquecimento global; Nicho ecológico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2013.pfb.33.75.372



Direitos autorais 2013

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional