Valor nutricional de folhas jovens de erva-mate

Marília Camotti Bastos, Carlos Bruno Reissmann, Jéssica Fernandes Keseker, Volnei Pauletti, Sérgio Gaiad, José Alfredo Sturion

Resumo


A Erva-mate é muito usada para produção de bebidas para consumo humano. Na primavera, a planta desenvolve folhas jovens que podem representar um novo nicho de mercado na indústria de erva-mate; este período é chamado nesse estudo de prea-safrinha. Este estudo teve por objetivo investigar os teores nutricionais totais e hidrossolúveis de folhas jovens de erva-mate coletadas na primavera e seu potencial nutricional para o consumo humano. Para representar folhas jovens da pre-safrinha, o material vegetal recolhido foi limitado ao terceiro botão terminal. A análise química total e hidrossolúvel de folhas das procedências Cascavel (progênie 174), Ivaí (progênie 6), Barão de Cotegipe (progênies 68 e 69) incluiu os seguintes elementos: P, K, Ca, Mg, Na, Fe, Mn, Cu e Zn.O conteúdo dos elementos da bebida obtida a partir da infusão de folhas jovens de erva-mate na ingestão diária recomendada variou de 0,5 a 11,5 % e se apresentou na seguinte ordem: Cu > Mn > K > P > Mg > Fe > Zn > Ca > Na. Progênies e morfotipos de erva-mate mostraram pouca variação no conteúdo total de nutrientes e não diferiram quanto ao conteúdo de nutrientes hidrossolúveis avaliados nas folhas jovens. Sendo assim, o extrato obtido a partir de folhas jovens de erva-mate apresenta potencial de uso para o consumo humano.


Palavras-chave


Ilex paraguariensis; Bebida; Recomendações nutricionais

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.77.594



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional