Dinâmica de crescimento de espécies de um remanescente de Floresta Ombrófila Mista em Colombo, PR

Aline Canetti, Camila Castilla Ruy, Patricia Povoa de Mattos, Evaldo Muñoz Braz

Resumo


Estudos visando o uso adequado dos recursos da floresta são indispensáveis para o manejo e conservação de remanescentes florestais, como os da Floresta Ombrófila Mista. Tendo em vista a necessidade de se aprimorar conhecimentos sobre o crescimento de espécies em regiões subtropicais, o presente trabalho teve por objetivo monitorar o crescimento diamétrico intra-anual de espécies arbóreas em Colombo, Paraná. Em novembro de 2009 foram instaladas faixas dendrométricas em árvores adultas (de 15 a 25 indivíduos) de 9 espécies dentre as mais frequentes em um remanescente de Floresta Ombrófila Mista. As medições de incremento diamétrico foram feitas mensalmente, até junho de 2011. Ocotea bicolor se diferenciou das outras espécies, apresentando crescimento superior e constante. Isto pode ser atribuído ao menor recobrimento da copa das árvores, favorecendo o acesso à luz pela espécie e consequentemente o seu crescimento. O maior crescimento de todas as espécies estudadas ocorreu no outono de 2011, estação antecedida por um inverno de baixa precipitação (inverno de 2010), em que a luminosidade esteve mais disponível para a produção fotossintética.


Palavras-chave


Faixa dendrométrica; Crescimento intra-anual; Ocotea bicolor

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.77.602



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional