Sintomas de deficiência nutricional de macronutrientes em mudas de Khaya ivorensis cultivadas em solução nutritiva

Graciella Corcioli, Jácomo Divino Borges, Roberta Paula de Jesus

Resumo


O mogno africano (Khaya ivorensis) é uma essência florestal de alto valor no comércio internacional e de grande potencial para substituir o mogno brasileiro (Swietenia macrophylla). Atualmente, pouco se conhece a respeito das exigências nutricionais do mogno africano. Assim, o presente trabalho teve por objetivo induzir sintomas visuais de deficiência de macronutrientes (nitrogênio, fósforo e potássio) em mudas de mogno africano. Para isso, realizou-se um experimento com solução nutritiva, com os tratamentos: T1-Solução completa; T2-com omissão de N; T3-com omissão de P; T4-com omissão de K e T5-Água deionizada. Os sintomas de deficiências de macronutrientes em mudas de mogno africano foram evidentes, comprometendo o desenvolvimento das mudas.

Palavras-chave


Mogno africano; Nitrogênio; Fósforo; Potássio

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.78.641



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional