Diâmetro Médio Ponderado de Partículas para Estimativa de Propriedades Físico-Hídricas dos Solos

Gilson Antonio Milde, Renato Antonio Dedecek, José Luiz Gava

Resumo


O principal objetivo deste trabalho foi estimar características físico-hídricas do solo de difícil obtenção, através de modelos matemáticos baseados em variáveis das análises de rotina. Foram selecionados, em áreas de plantações florestais, 13 solos variando de 40 a 590 g kg-1 de conteúdo de argila. Nestes solos, foram obtidas amostras deformadas e indeformadas na camada de 5 cm a 15 cm, e realizadas, em laboratório, análises químicas (complexo sortivo, pH, acidez potencial) e físicas (densidade do solo, curva de retenção de umidade e porosidades). Estabeleceram-se correlações entre as variáveis umidade ótima do solo para compactação e umidade na capacidade de campo com todos os parâmetros químicos e físicos analisados. A característica do solo que apresentou o maior índice de correlação com umidade ótima (r = 0,95) e com capacidade de campo (r = 0,93) foi o diâmetro médio ponderado de partículas (DMPP). O DMPP pode ser obtido em todos os levantamentos de solo já realizados e é a soma da multiplicação entre o diâmetro médio das quatro frações granulométricas e suas concentrações no solo. A umidade do solo à -1500 kPa também se correlacionou com o DMPP (r = 0,93), o que permite estimar a quantidade de água disponível para as plantas.


Palavras-chave


Curva de retenção de água; função de pedotransferência; umidade ótima para compactação

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional