Enraizamento de Miniestacas de Erva-Mate sob Diferentes Ambientes

Autores

  • Gilvano Ebling Brondani Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” - Esalq/USP
  • Marla Alessandra de Araujo Universidade Federal do Paraná
  • Ivar Wendling Embrapa Florestas
  • Dagma Kratz Universidade Federal do Paraná - UFPR

Palavras-chave:

Ilex paraguariensis, Aquifoliaceae, clonagem, propagação vegetativa, miniestaquia

Resumo

Pouco se conhece a respeito da propagação vegetativa da erva-mate, principalmente em relação à miniestaquia e aos aspectos relacionados ao ambiente de enraizamento. O estudo objetivou avaliar o efeito do ambiente inicial de enraizamento sobre a sobrevivência, vigor da parte aérea e enraizamento de miniestacas da espécie. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial (3x2), sendo três clones (A7, A21 e A35) e dois ambientes de enraizamento (casa-de-vegetação simples, sem controle de temperatura e umidade e casa-de-vegetação automatizada). A sobrevivência das miniestacas na saída das casas de enraizamento e na casa-de-sombra não foram influenciadas pelo ambiente testado, com variação de 51,8 % a 71,9 %. Os clones A7 e A21 não diferiram significativamente quanto ao enraizamento, com médias de 49,1 % e 46,4 %, respectivamente. Contudo, o clone A35 mostrou-se superior quando proveniente da casa-de-vegetação automatizada, com 62,5 % de enraizamento. A casa-de-vegetação automatizada favoreceu tanto o número de folhas quanto o número e comprimento das brotações emitidas. A miniestaquia de erva-mate pode ser considerada tecnicamente viável em ambos os ambientes de enraizamento testados, apresentando resultados semelhantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-03-22

Como Citar

BRONDANI, G. E.; ARAUJO, M. A. de; WENDLING, I.; KRATZ, D. Enraizamento de Miniestacas de Erva-Mate sob Diferentes Ambientes. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], n. 57, p. 29, 2010. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/70. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos Científicos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>