Aporte e decomposição de serapilheira em Floresta Estacional Decidual na região do Alto Uruguai, RS

Felipe Turchetto, Fabiano de Oliveira Fortes

Resumo


O presente estudo teve por objetivo analisar e descrever a dinâmica sazonal da deposição e decomposição de serapilheira na Floresta Estacional Decidual da região do Médio Alto Uruguai, RS. Para a determinação da deposição de serapilheira foram instalados 20 coletores de 1 mem uma área de um hectare, sendo realizadas avaliações mensais. Para a amostra da serapilheira acumulada nas estações sazonais, foram coletadas 20 amostras aleatórias em molduras de 25 cm x 25 cm. O material coletado foi identificado e separado nas frações: folhas, galhos e miscelânea. Após a estratificação, as amostras foram secas em estufa a 70 oC e pesadas. A deposição anual de serapilheira foi estimada em 7,14 t.ha-1, sendo composta por 58,54% de folhas, 28,69% de galhos e 12,77% de miscelânea. A deposição de serapilheira total foi contínua ao longo do período de estudo, apresentando modelo sazonal, com os maiores valores no final do inverno e início da primavera. O estoque médio de serapilheira foi estimado em 6,50 t.ha-1. A taxa de decomposição foi de 1,097, constatando-se a rápida mineralização da serapilheira produzida.

Palavras-chave


Mineralização; Sazonalidade; Decomposição

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.80.735



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional