Variação radial das propriedades físicas da madeira de Pinus patula plantados em Moçambique

Claudio Gumane Francisco Juizo, Pedro Lício Loiola, Linéia Roberta Zen, Raquel Marchesan, Douglas Edson Carvalho, Narcísio Fernando Bila, Andrade Fernando Egas, Márcio Pereira da Rocha, Ricardo Jorge Klitzke

Resumo


Este trabalho teve por objetivo avaliar as propriedades físicas da madeira de Pinus patula, com 38 anos, oriundos de um povoamento florestal de Moçambique, localizado no município de Machipanda. A determinação das propriedades físicas como a massa especifica básica, retratibilidade e umidade da madeira, no sentido medula-casca, seguiram as recomendações da Norma Panamericana - COPANT. Os resultados evidenciaram diferença estatística, ao nível de 5% de significância, no sentido radial para o coeficiente de retratibilidade. Os valores de retratibilidade foram de 6,06 e 8,80% no lenho juvenil e 6,18 e 8,65% no lenho adulto no sentido radial e tangencial, respectivamente, com coeficiente de anisotropia de 1,43 no lenho juvenil e 2,44 no lenho adulto. A madeira de Pinus patula, plantado na floresta de Inhamacari, apresenta uma madeira estável aos 38 anos de idade, que pode ser aplicada para fins estruturais e para a fabricação de artigos de carpintaria e móveis.


Palavras-chave


Retratibilidade; Umidade; Massa específica; Qualidade da madeira

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2015.pfb.35.83.771



Direitos autorais 2015

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional