Avaliação temporal dos conflitos de uso do solo na bacia hidrográfica do rio Formoso, Tocantins

Autores

  • Kaio Cesar Cardoso de Lima Fonseca Alves Universidade Federal do Tocantins
  • Marcelo Ribeiro Viola Universidade Federal de Lavras
  • Patrícia Aparecida de Souza Universidade Federal do Tocantins
  • Marcos Giongo Universidade Federal do Tocantins
  • Carlos Rogério de Mello Universidade Federal de Lavras

DOI:

https://doi.org/10.4336/2015.pfb.35.83.820

Palavras-chave:

Área de preservação permanente, Geotecnologias, ArcGIS, Legislação Ambiental

Resumo

A importância das áreas de preservação permanente (APP) encontra-se na função ambiental de manter, preservar e conservar os recursos hídricos e ecossistemas existentes nas bacias hidrográficas. Objetivou-se com o presente trabalho delimitar e quantificar as APP’s de cursos d’água e áreas antropizadas nos limites destas na bacia hidrográfica do rio Formoso, TO. As APP's foram delimitadas considerando-se os limites determinados pelo Código Florestal Brasileiro, sendo amostradas as APP’s dos cursos d'água principais de nível hierárquico 4. O traçado manual da rede de drenagem, a delimitação automática das APP’s e a classificação visual dos conflitos de uso do solo a partir de imagens LANDSAT 5 TM dos anos de 1985, 1998 e 2011 foram realizadas no Sistema de Informações Geográficas ArcGIS. Constatou-se que as APP's dos cursos d’água amostradas no presente estudo representam 1,14% (24.491,35 ha) da área de drenagem da bacia do rio Formoso. Para o ano de 1985 quantificou-se uma área de 3.616,48 ha de conflitos de uso do solo na bacia, passando para 3.341,25 ha em 1998 e 3.345,37 ha em 2011. Tendo-se em vista a intensiva expansão agrícola observada na bacia do rio Formoso nas últimas décadas, a retração da área de conflitos de uso do solo entre 1985 e 1998 e sua posterior manutenção, pode ser associada às alterações na legislação ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-09-30

Como Citar

CARDOSO DE LIMA FONSECA ALVES, K. C.; RIBEIRO VIOLA, M.; DE SOUZA, P. A.; GIONGO, M.; DE MELLO, C. R. Avaliação temporal dos conflitos de uso do solo na bacia hidrográfica do rio Formoso, Tocantins. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], v. 35, n. 83, p. 271–283, 2015. DOI: 10.4336/2015.pfb.35.83.820. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/820. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos Científicos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)