Massa específica básica da madeira de Araucaria angustifolia em povoamento superestocado

Rafaella De Angeli Curto, Patricia Póvoa de Mattos, Evaldo Muñoz Braz, Sylvio Pellico Netto, Randolf Zachow

Resumo


O objetivo do presente trabalho foi avaliar as variações radiais e longitudinais de massa específica básica da madeira em um plantio superestocado com 65 anos de Araucaria angustifolia. O plantio, localizado na Floresta Nacional de Açungui, Campo Largo, PR, foi desbastado entre 1970 e 1980, não havendo registros de desbastes posteriores a essa data. Foram selecionadas três árvores para cada classe de diâmetro: 10-30 cm, 30-50 cm e 50-70 cm. Para a análise longitudinal, foram seccionados discos em sete alturas (0, 20, 40, 60, 80 e 100% da altura comercial e a 1,3 m do solo), sendo removidas as cascas e retiradas duas cunhas opostas até a medula e cinco corpos de prova no sentido radial de cada disco. Em geral, na direção radial houve aumento da massa específica. As médias da massa específica diferiram estatisticamente ao longo do fuste, com diminuição da massa específica na direção longitudinal. No entanto, a massa específica média a 60% da altura comercial foi maior do que a 40%, com redução a partir dessa altura em direção ao topo, indicando efeito da competição que ocorreu na área. A desuniformidade da madeira ao longo do fuste é um indicativo dos efeitos negativos da falta de manejo na área.


Palavras-chave


Qualidade da madeira; Variações radial e longitudinal; Competição

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.4336/2016.pfb.36.85.963



Direitos autorais 2016

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional