Estimação de volume de Pterogyne nitens em plantio puro no sudoeste da Bahia

Magno Pacheco Fraga, Patrícia Anjos Bittencourt Barreto, Alessandro de Paula

Resumo


A obtenção do volume é fundamental para o entendimento do potencial produtivo de um povoamento florestal. No entanto, como esta variável não é facilmente mensurável, torna-se necessária a obtenção de estimativas. Esse estudo teve como objetivos selecionar modelos volumétricos e avaliar a eficiência de três diferentes métodos para estimar o volume de madeira (fator de forma, quociente de forma e emprego de equações volumétricas ajustadas) para a espécie Pterogyne nitens Tul. , em plantio puro no Município de Vitória da Conquista, BA, Brasil. Foram cortadas e cubadas, rigorosamente, árvores para obtenção do volume individual. Foram ajustados oito modelos volumétricos, sendo os melhores modelos selecionados com base no critério de seleção do valor ponderado dos escores dos parâmetros estatísticos e distribuição de resíduos. O modelo de Stoate apresentou melhor performance para estimar tanto o volume do fuste quanto o volume total da árvore com casca de Pterogyne nitens. Todavia, para o volume do fuste, o modelo de Koperzky-Gehrhardt também proporcionou estimativas semelhantes ao anterior, podendo ser também indicado para a espécie. Dentre os métodos utilizados para estimar o volume, o mais recomendado é o emprego de modelos volumétricos ajustados.


Palavras-chave


Modelos volumétricos; Fator de forma; Quociente de forma; Amendoim-bravo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.79.703



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional