Critérios de estratificação para o ajuste de funções de afilamento em fustes de pinus

Hassan Camil David, Ataides Marinheski Filho, Allan Pelissari, Sylvio Péllico Netto, Emanuel Araújo, Luiza Baum

Resumo


Este trabalho teve como objetivo avaliar a acurácia de funções de afilamento ajustadas com e sem estratificação, em árvores de Pinus sp. Foram alocados três estratos pelos critérios de estratificação por diâmetro a 1,3 m do solo, fator de forma artificial e quociente de forma de Schiffel. Foram testadas as funções de Schöepfer, Kozak et al., Hradetzky, Garcia et al., Ormerod e Demaerchalk, ajustadas aos dados não estratificados, sendo selecionada aquela que apresentou o melhor desempenho quanto às estatísticas erro padrão da estimativa em porcentagem (syx%), coeficiente de determinação ajustado (R²aj.) e dispersão dos resíduos. A função selecionada foi ajustada com os dados estratificados e o ganho da acurácia da estratificação foi avaliado por dois métodos estatísticos. Como resultados, a função de Hradetzky apresentou as melhores estatísticas de ajuste. As equações obtidas para a população total e por estratos foram estatisticamente diferentes. A estratificação por fator de forma e quociente de forma forneceram reduções expressivas do erro, atingindo valores de até 50%, porém pouco ganho foi alcançado na estratificação por diâmetro a 1,3 m do solo. Concluiu-se que a estratificação por fator de forma é recomendada para o ajuste de funções de afilamento, para árvores de Pinus sp.


Palavras-chave


Forma de fustes; Acurácia de funções; Erro padrão da estimativa

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.79.659



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional