Potencial e qualidade da madeira de desbaste de teca para produção de biocombustível

Dimas Agostinho da Silva, Eloísa Rodycz de Christo, Alexandre Belhing, Sandra Lucia Soares Mayer, Karine Andressa Pelanda, Rodrigo Simetti

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo analisar o potencial energético e a qualidade da madeira de Tectona grandis Linn F. proveniente de diferentes desbastes para produção de energia. O material de estudo foi oriundo de um plantio no município de São José dos Quatro Marcos, MT. Foram realizadas as análises de poder calorífico superior, composição química imediata e densidade básica. A análise de variância não mostrou diferença ao longo do fuste para todas as propriedades estudadas. Entretanto, houve variação significativa a 1% de probabilidade para a densidade em função da idade, no qual as maiores médias foram provenientes do segundo desbaste (0,584 g.cm-3). As médias entre posição e idade de desbaste foram de 4.594 kcal.kg-1 para o poder calorífico superior; 80,37% para materiais voláteis; 18,39% para carbono fixo e 0,59% para cinzas.


Palavras-chave


Tectona grandis; Propriedades energéticas; Energia de Biomassa

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2015.pfb.35.83.817



Direitos autorais 2015

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional