Danos causados por bovinos em diferentes espécies arbóreas recomendadas para sistemas silvipastoris

Vanderley Porfírio-da-Silva, Anibal de Moraes, José Luis Moletta, Laíse da Silveira Pontes, Edilson Batista de Oliveira, Adelino Pelissari, Paulo César de Faccio Carvalho

Resumo


Três espécies arbóreas foram avaliadas quanto aos danos causados por bovinos em pastejo em um sistema silvipastoril implantado na região subtropical do Brasil. As espécies Schinus terebinthifolius (Raddi), Grevillea robusta (A. Cunn. ex R.Br) e Eucalyptus dunnii (Maiden), foram plantadas em linhas simples, arranjadas em 14 m x 3 m, para comporem um sistema agrossilvipastoril. Durante os primeiros três anos a área foi utilizada para produção de grãos em sistema de cultivo em aléias (silviagrícola). Após 41 meses do plantio das árvores, o gado foi introduzido pela primeira vez na área. Cinco classes de intensidade de danos foram estabelecidas: sem dano, baixa, média, alta e extrema. Os danos causados à casca do tronco das árvores no sistema foram maiores do que os causados às copas. As árvores de S. terebinthifolius foram as mais danificadas pelos bovinos. A manutenção de S. terebinthifolius em sistema silvipastoril não é recomendada pelo dano que o gado impõe às árvores.

doi: 10.4336/2012.pfb.32.70.67


Palavras-chave


Mastigação de casca, Ramoneio; Arborização de pastagens, Integração pecuária-floresta, Agrossilvipastoril

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2012

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional