Indicadores preliminares para avaliação da restauração em reflorestamentos de ambientes ciliares

Daniele Nogueira dos Reis, Antonio Claudio Davide, Daniel Furtado Ferreira

Resumo


O sucesso da restauração em ecossistemas florestais pode ser avaliado pela seleção correta de indicadores que sejam representativos da consecução dos objetivos estabelecidos. A seleção pela técnica da análise discriminante consiste da separação e classificação de novas observações em grupos previamente definidos, reduzindo o número de variáveis, que são funções discriminantes linearmente dependentes das variáveis originais. O presente estudo objetiva definir um índice composto por atributos estruturais (número de espécies e indivíduos plantados, altura, área basal, número de espécies e indivíduos regenerantes) e atributos químicos do solo e pedológicos, para classificar reflorestamentos em ambientes ciliares, com relação à restauração tendo, como base, reflorestamento no entorno do reservatório da Usina Hidrelétrica de Volta Grande, MG. Onze variáveis foram utilizadas para a classificação prévia das parcelas nos grupos, como parcialmente restauradas ou não restauradas, e na análise discriminante realizada em seguida. As variáveis selecionadas pela função discriminante gerada foram: número de espécies e área basal dos indivíduos plantados, número de espécies e indivíduos regenerantes, acúmulo de serapilheira e capacidade de troca de cátions do solo. A compatibilidade de 98% entre a classificação prévia das parcelas e após a formação do índice demonstram a representatividade das variáveis selecionadas na avaliação da restauração dos reflorestamentos dos ambientes ciliares estudados.

Palavras-chave


Áreas de preservação permanente; Função discriminante; Monitoramento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.80.757



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional