Uso do levantamento aéreo expedito convencional e digital para o monitoramento da cobertura florestal no Paraná: estado da arte e potencialidades

Autores

  • Fernando Luís Dlugosz Universidade Federal do Paraná
  • Nelson Carlos Rosot Universidade Federal do Paraná
  • Maria Augusta Doetzer Rosot Embrapa Florestas
  • Yeda Maria Malheiros de Oliveira Embrapa Florestas
  • Marilice Cordeiro Garrastazu Embrapa Florestas

DOI:

https://doi.org/10.4336/2010.pfb.30.63.245

Palavras-chave:

Levantamento aéreo, geoprocessamento, uso da terra.

Resumo

O artigo apresenta uma abordagem sobre a técnica de Levantamento Aéreo Expedito no que diz respeito às suas características, aplicações e potencialidades para as condições brasileiras, principalmente no monitoramento das mudanças na cobertura florestal no Estado do Paraná. O método consiste na observação e anotação de feições ou fenômenos a partir de  sobrevoos na área de interesse, voando a baixas altitudes ao longo de uma rota pré-determinada. Também são apresentadas as vantagens da introdução da sistematização digital, que definiu a nova  denominação para a técnica como Levantamento Aéreo Expedito Digital. Neste caso, as anotações são realizadas digitalmente sobre tela sensível ao toque, de um computador portátil e não sobre mapa em papel, como na técnica convencional. O desenvolvimento de metodologias que demonstrem eficiência técnica e viabilidade econômica tem recebido maior ênfase em pesquisa, em função da necessidade da obtenção de informações confiáveis para subsidiar a tomada de decisões, em nível governamental, para um adequado processo de fiscalização e/ou de planejamento de uma determinada região. Considerando a dinâmica de uso da terra e a necessidade de se monitorar a cobertura vegetal,  pode-se afirmar que o Levantamento Aéreo Expedito apresenta elevado potencial de aplicação às condições brasileiras e ainda ótima relação custo-benefício.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nelson Carlos Rosot, Universidade Federal do Paraná

Setor de Ciencias Agrárias, Departamento de Engenharia Florestal

Maria Augusta Doetzer Rosot, Embrapa Florestas

Laboratório de Monitoramento Ambiental

Yeda Maria Malheiros de Oliveira, Embrapa Florestas

Laboratório de Monitoramento Ambiental

Marilice Cordeiro Garrastazu, Embrapa Florestas

Laboratório de Monitoramento Ambiental

Downloads

Publicado

2010-11-29

Como Citar

DLUGOSZ, F. L.; ROSOT, N. C.; DOETZER ROSOT, M. A.; MALHEIROS DE OLIVEIRA, Y. M.; CORDEIRO GARRASTAZU, M. Uso do levantamento aéreo expedito convencional e digital para o monitoramento da cobertura florestal no Paraná: estado da arte e potencialidades. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], v. 30, n. 63, p. 245, 2010. DOI: 10.4336/2010.pfb.30.63.245. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/146. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.