Crescimento e fitossociologia de uma floresta com Colophospermum mopane, em Mabalane, Província de Gaza, Moçambique

Jacob Miguel Bila, Nazaré Mabjaia

Resumo


O presente trabalho teve como objetivos caracterizar a composição e estrutura da floresta, dos ecossistemas de mopane, estimar os índices de crescimento e avaliar a sua distribuição diamétrica. Foram usados dados de parcelas permanentes estabelecidas em 2002 na região de Mabalane, Província de Gaza. Foi analisada a composição das espécies, sendo determinada a estrutura horizontal da floresta (abundância, dominância, frequência e índice de valor de importância) e e o incremento periódico anual em diâmetro. Os resultados mostraram a ocorrência de 15 espécies arbóreas pertencentes a onze famílias botânicas. A floresta é dominada pela espécie Colophospermum mopane (Benth.) J. Léonard (mopane), com uma abundância de 258,80 árvores por hectare, que corresponde a 85,8% do total dos indivíduos. O incremento periódico anual em diâmetro observado no período de 2003 a 2010 foi de 1,19 mm ano-1, e verificou-se a distribuição diamétrica de J – Invertido. A floresta de mopane apresenta um crescimento lento e pouca diversidade de espécies, sendo importante a aplicação de intervenções silviculturais e estabelecer o plano de manejo de acordo com o ritmo de crescimento da espécie e estrutura horizontal e vertical dos remanescentes a serem manejados.


Palavras-chave


Estrutura horizontal; Incremento periódico anual; Incremento em diâmetro; Ecossistemas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2012.pfb.32.72.421



Direitos autorais 2012

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional