Caracterização de briquetes produzidos com resíduos agroflorestais

Ananias Francisco Dias Júnior, Azarias Machado de Andrade, Djailson Silva da Costa Júnior

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo caracterizar a qualidade de briquetes de moinha de carvão vegetal e resíduos de bambu produzidos em diferentes formulações. Determinou-se a densidade básica, a massa específica aparente, a umidade de equilíbrio e a taxa de degradação térmica dos briquetes. Os briquetes foram avaliados por meio de testes de resistência à compressão e de tamboramento e o poder calorífico superior e inferior foram estimados a partir de equações ajustadas. Os briquetes produzidos com as maiores porcentagens de moinha de carvão vegetal apresentaram densidade básica, densidade aparente, teores de cinza e de carbono fixo mais elevados e menor friabilidade. Os briquetes com as maiores porcentagens de resíduos de bambu na composição apresentaram degradação térmica mais rápida, maior resistência à compressão, além de teor de materiais voláteis e poder calorífico mais elevados.


Palavras-chave


Bambu; Moinha de carvão;Poder calorífico; Degradação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.79.613



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / EbscoAGRISAgrobase / Binagre , BDPACABI DirectCCNDiadorim , DOAJe.journalsForestry CompendiumGenamics JournalSeekGoogle AcadêmicoJournals for freeLatindexLivreMiarOasisbrPeriodicaPortal da CapesRCAAPRoadSabiiaScilitRedib.

 

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional