Resposta de Pinus taeda à aplicação de cinza de biomassa vegetal em Cambissolo Húmico, em vaso

Shizuo Maeda, Helton Damin da Silva, Camile Cardoso

Resumo


Foi avaliado o efeito de doses de cinza de biomassa vegetal, equivalentes a 0; 10; 20; 40 e 80 t.ha-1,
sobre características químicas do solo e sobre o desenvolvimento e absorção de nutrientes por mudas de Pinus
taeda L., em casa-de-vegetação da Embrapa Florestas, em Colombo, PR, em Cambissolo Húmico, coletado na
camada de 0 a 20 cm, em Piraí do Sul, PR. Porções da amostra do solo foram colocadas em vasos, sendo as
alíquotas de cada tratamento aplicadas na camada de 0 a 10 cm, após preencher os vasos com 20 cm de solo.
Foram analisadas as acículas e o solo (camadas 0 a 10 cm, 10 cm a 20 cm e 20 cm a 30 cm). Avaliaram-se a altura,
o diâmetro e as massas secas da parte aérea, da raiz - MSR e total. A aplicação da cinza diminuiu a acidez e o teor
de Al, e aumentou os teores de Ca, Mg, K e P, com efeitos mais pronunciados na camada de 0 a 10 cm; não houve
efeito dos tratamentos no desenvolvimento das mudas; o teor de Cu nas acículas foi diminuído com o aumento
da dose de cinza.

Palavras-chave


Cinza de caldeira; fertilidade do solo.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / EbscoAGRISAgrobase / Binagre , BDPACABI DirectCCNDiadorim , DOAJe.journalsForestry CompendiumGenamics JournalSeekGoogle AcadêmicoJournals for freeLatindexLivreMiarOasisbrPeriodicaPortal da CapesRCAAPRoadSabiiaScilitRedib.

 

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional