Aporte de serapilheira em plantios de eucalipto em função da qualidade do sítio

Thais de Andrade Corrêa Neto, Lúcia Helena Cunha dos Anjos, Marcos Gervasio Pereira, Carlos Fellipe de Siqueira Jaccoud

Resumo


Este estudo teve por objetivo avaliar a deposição e decomposição de serapilheira e o aporte de nutrientes em uma área de plantio de eucalipto em topossequência. Foi verificada contribuição significativa do estrato folhas, o que pode ser atribuído à idade do plantio. Em relação à velocidade de decomposição observa-se um decréscimo desta na estação da primavera em todos os sítios,sendo observadas diferenças entre os sítios relacionadas à topo-sequência. Verificou-se maior adição de P em relação ao N e K, existindo uma tendência dos maiores valores de P ocorrerem no terço superior da encosta. Os parâmetros estudados refletem as diferentes características dos sítios e suas limitações e sugerem dinâmicas de manejo diferenciadas.

Palavras-chave


Produção de serapilheira; Ciclagem de nutrientes; Matéria orgânica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4336/2014.pfb.34.80.484



Direitos autorais 2014

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / EbscoAGRISAgrobase / Binagre , BDPACABI DirectCCNDiadorim , DOAJe.journalsForestry CompendiumGenamics JournalSeekGoogle AcadêmicoJournals for freeLatindexLivreMiarOasisbrPeriodicaPortal da CapesRCAAPRoadSabiiaScilitRedib.

 

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional