Crescimento e qualidade de mudas de Handroanthus heptaphyllus em substrato com esterco bovino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.4336/2018.pfb.38e201701485

Palavras-chave:

Adubação orgânica, Propagação vegetal, Ipê roxo

Resumo

Objetivou-se verificar a influência do uso de proporções de esterco bovino na composição do substrato sobre o crescimento e a qualidade das mudas de Handroanthus heptaphyllus. Utilizou-se um experimento em delineamento inteiramente casualizado. Foram avaliadas cinco diferentes proporções de esterco bovino na composição do substrato: 0, 15, 30, 45 e 60%.Verificou-se que as mudas de H. heptaphyllus responderam positivamente à utilização de 21% a 28% esterco bovino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cícero José Azevedo Homem de Melo Júnior, Empresa VP Ecologia Empresarial LTDA

Analista Ambiental

Fernanda Paula Alves Tavares, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Discente do Curso de Engenharia Florestal

Rodrigo Braga de Almeida, Fibria

Analista de Colheita Florestal

Lucas Amaral de Melo, Universidade Federal de Lavras

Professor do Departamento de Ciências Florestais

Iris Cristiane Magistrali, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Engenheira Florestal, Doutora em Ciências Ambientais e Florestais

Referências

Abreu, A. H. M. et al. Caracterização e potencial de substratos formulados com biossólido na produção de mudas de Schinus terebinthifolius Raddi. e Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos. Ciência Florestal, v. 27, n. 4, p. 1179-1190, 2017. DOI: 10.5902/1980509830300.
Abreu, I. M. O. et al. Qualidade microbiológica e produtividade de alface sob adubação química e orgânica. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 30, p. 108-118, 2010. DOI: 10.1590/S0101-2061201000050001
Artur, A. G. et al. Esterco bovino e calagem para formação de mudas de guanandi. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 6, p. 843-850, 2007. DOI: 10.1590/S0100-204X2007000600011.
Borges, V. P. et al. Emergência e crescimento inicial de Tabebuia heptaphylla (Vell.) Toledo em ambientes contrastantes de luz. Revista Árvore, v. 38, p. 523-531, 2014. DOI: 10.1590/S0100-67622014000300015.
Caetano, M. C. T. Substratos orgânicos para a produção de mudas de Tabebuia heptaphylla irrigadas com água potável e residuária. 2016. 60 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal.
Caldeira, M. V. W. et al. Composto orgânico na produção de mudas de aroeira-vermelha. Scientia Agraria, v. 9, n. 1, p. 27-33, 2008.
Davide, A. C. et al. Produção de mudas de candeia. In: Scolforo, J. R. S. et al. (Org.). O manejo sustentável da candeia: o caminhar de uma nova experiência florestal em Minas Gerais. Lavras: UFLA, 2012. p. 43-12.
Dias, R. et al. Fontes e proporção de material orgânico para a produção de mudas em cafeeiro em tubetes. Ciência e Agrotecnologia, v. 33, n. 3, p. 758-764, 2009.
Gonçalves, J. L. M. & Poggiani, F. Substratos para produção de mudas florestais. In: CONCRESSO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DO SOLO, 13., 1996, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia: USP-ESALQ/SBCS/ CEA/SLACS/SBM, 1996. CD-ROM.
Klein, C. Utilização de substratos alternativos para produção de mudas. Revista Brasileira de Energias Renováveis, v. 4, p. 43-63, 2015.
Lorenzi, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil. 5. ed. Nova Odesa, SP: Instituto Plantarum, 2008. v. 1. 368 p.
Melo, L. A. et al. Crescimento de mudas de Eucalyptus grandis e Eremanthus erythropappus sob diferentes formulações de substrato. Floresta e Ambiente, v. 21, n. 2, p. 234-242, 2014. DOI: 10.4322/floram.2014.028.
Paiva Sobrinho, S. P. et al. Substratos na produção de mudas de três espécies arbóreas do Cerrado. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 5, n. 2, p. 238-243, 2010. DOI: 10.5039/agraria.v5i2a741.
Scheer, M. B. et al. Composto de lodo de esgoto para produção de mudas de Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan. Revista Cerne, v. 18, n. 4, p. 613-621, 2012. DOI: 10.1590/S0104-77602012000400011.
Silva, A. L. et al. Influência de diferentes substratos no crescimento inicial de Ormosia arborea (Vell.) Harms (Fabaceae). Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, n. 4, p. 22-27, 2013.
Thompson, B. E. Seedling morphological evaluation–what you can tell by looking. In: Duryea, M. L. Evaluating seedling quality: principles, procedures, and predictive abilities of major tests. Corvallis: Oregon State University, Forest Research Laboratory, 1985. p. 59-85.
Zanatta, T. P. et al. Análise do desenvolvimento inicial de mudas de Tabebuia impetiginosa submetidas a diferentes tipos de substratos. Revista do Instituto Florestal, v. 28, n. 2, p. 103-109, 2016. DOI: 10.24278/2178-5031.201628202.

Downloads

Publicado

2018-07-09

Como Citar

LISBOA, A. C.; MELO JÚNIOR, C. J. A. H. de; ALVES TAVARES, F. P.; ALMEIDA, R. B. de; MELO, L. A. de; MAGISTRALI, I. C. Crescimento e qualidade de mudas de Handroanthus heptaphyllus em substrato com esterco bovino. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], v. 38, 2018. DOI: 10.4336/2018.pfb.38e201701485. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/1485. Acesso em: 19 abr. 2021.

Edição

Seção

Notas Científicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)