Fusariose em Mudas de Pinus taeda

Albino Grigoletti Júnior, Cristiane Paris, Celso Garcia Auer

Resumo


Viveiros comerciais têm apresentado mudas de Pinus taeda com sintomas de murcha e seca de ponteiros e morte, na Região Sul do Brasil. Isolamento em meio BDA e câmara úmida, teste de patogenicidade e microcultivo foram feitos para identificar o patógeno. Uma espécie de Fusarium foi isolada, cuja identificação encontra-se em andamento. Verificou-sepelos postulados de Koch que Fusarium sp. foi o agente causal dessa doença.

Palavras-chave


Doença radicular, viveiro, fungo.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2011

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional