Composição da madeira e do carvão vegetal de Eucalyptus urophylla em diferentes locais de plantio

Autores

  • Aliny Aparecida dos Reis Universidade Federal de Lavras, Departamento de Ciências Florestais
  • Thiago de Paula Protásio Universidade Federal de Lavras, Departamento de Ciências Florestais
  • Isabel Cristina Nogueira Alves de Melo Universidade Federal de Lavras, Departamento de Ciências Florestais
  • Paulo Fernando Trugilho Universidade Federal de Lavras, Departamento de Engenharia Florestal
  • Angélica de Cássia Oliveira Carneiro Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Engenharia Florestal

DOI:

https://doi.org/10.4336/2012.pfb.32.71.277

Palavras-chave:

Siderurgia, Clone, Correlações, Biocombustível

Resumo

Objetivou-se avaliar o efeito do local de plantio na composição química elementar da madeira e na produção e qualidade do carvão vegetal de Eucalyptus urophylla e verificar as relações estatísticas entre as variáveis mensuradas na madeira e no carvão. Foram utilizadas doze árvores de um clone de E. urophylla, aos sete anos de idade, provenientes dos municípios de Curvelo, Itacambira e Turmalina (MG). Determinou-se a composição elementar (C, H, N, S e O) e as relações C/H e C/N da madeira. A madeira foi carbonizada em forno laboratorial tipo mufla. Foram avaliados os rendimentos gravimétricos em carvão vegetal, líquido pirolenhoso e, por diferença, os gases não condensáveis. Determinou-se também a densidade relativa aparente, o poder calorífico superior, a composição química imediata e o rendimento em carbono fixo dos carvões. O valor calórico do carvão vegetal foi influenciado por sua composição química imediata.Na madeira observou-se efeito significativo do local para o teor de hidrogênio e para a relação C/H. O local também influenciou o teor de cinzas e os rendimentos gravimétricos em carvão e carbono fixo, sendo, portanto, importante considerar o efeito do local de cultivo na produção do carvão vegetal do clone de Eucalyptus urophylla estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aliny Aparecida dos Reis, Universidade Federal de Lavras, Departamento de Ciências Florestais

Atualmente é graduanda em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Lavras. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Ciência e Tecnologia da Madeira e Energia da Biomassa.

Thiago de Paula Protásio, Universidade Federal de Lavras, Departamento de Ciências Florestais

Atualmente é graduando em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Lavras. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Energia da Biomassa Florestal, Aproveitamento de Resíduos Lignocelulósicos, Análises de Regressão e Correlação, Análise Multivariada e Modelagem Aplicadas.

Isabel Cristina Nogueira Alves de Melo, Universidade Federal de Lavras, Departamento de Ciências Florestais

Engenheira Florestal, formada na Universidade Federal de Lavras. Mestre em Ciências Florestais pela Universidade Federal de Viçosa na área de Tecnologia em Celulose e Papel. Doutoranda em Ciência e Tecnologia da Madeira, área de concentração Energia da Biomassa Florestal.

Paulo Fernando Trugilho, Universidade Federal de Lavras, Departamento de Engenharia Florestal

Graduado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (1984), mestrado (1987) e doutorado (1995) em Ciência Florestal pela Universidade Federal de Viçosa e pós-doutorado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná (2005). Atualmente é professor associado III da Universidade Federal de Lavras, Lavras/MG. Possui experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Energia de Biomassa Florestal, Qualidade da Madeira, Propriedades Físicas e Químicas da Madeira, atuando com ênfase nos temas relacionados à qualidade da madeira e do carvão vegetal, tensões de crescimento, amostragem da madeira e técnicas não destrutivas

Angélica de Cássia Oliveira Carneiro, Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Engenharia Florestal

possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (2000), mestrado em Ciências Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (2002) e doutorado em Ciências Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (2006). Atualmente é professora adjunto da Universidade Federal de Viçosa e Coordenadora do Grupo Temático de Carvão Vegetal - SIF/DEF/UFV. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Tecnologia de Chapas e Adesivos e Produção de carvão vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: Desenvolvimento de adesivos de fontes renováveis, painéis oriundos de resíduos, Qualidade da madeira para energia e produção de carvão vegetal.

Downloads

Publicado

28-09-2012

Como Citar

REIS, Aliny Aparecida dos; PROTÁSIO, Thiago de Paula; MELO, Isabel Cristina Nogueira Alves de; TRUGILHO, Paulo Fernando; CARNEIRO, Angélica de Cássia Oliveira. Composição da madeira e do carvão vegetal de Eucalyptus urophylla em diferentes locais de plantio. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], v. 32, n. 71, p. 277, 2012. DOI: 10.4336/2012.pfb.32.71.277. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/363. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Científicos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.