Compactação de biomassa vegetal visando à produção de biocombustíveis sólidos

Thiago de Paula Protásio, Isabel Cristina Nogueira Alves, Paulo Fernando Trugilho, Vinícius Oliveira Silva, Ana Elisa Rodarte Baliza

Resumo


O objetivo do presente trabalho foi avaliar briquetes produzidos a partir de casca de café, serragem de eucalipto e resíduos da colheita do milho, e a influência do tempo após a compactação em algumas propriedades dos briquetes. Após a biomassa ser previamente seca em estufa, os briquetes foram produzidos em uma briquetadeira laboratorial, à temperatura de 120±5ºC e pressão de 15 MPa. Determinaram-se a densidade a granel e o poder calorífico das biomassas in natura. Após a compactação, avaliou-se a influência do tempo sobre a umidade, a expansão volumétrica e a densidade aparente dos briquetes. A partir dos resultados obtidos, pode-se observar que a casca de café moída apresentou o maior valor médio para densidade a granel. Estatisticamente, as biomassas analisadas apresentaram o mesmo poder calorífico superior. O efeito do tempo após a compactação da biomassa foi significativo para a umidade em base seca e densidade aparente para todos os briquetes produzidos. Os briquetes produzidos a partir dos resíduos da colheita do milho apresentaram acentuada expansão volumétrica. Quanto à resistência à tração por compressão diametral, os briquetes de casca de café apresentaram o maior valor. Os resultados encontrados reforçam a potencialidade de utilização energética dos briquetes oriundos da compactação da casca de café.

doi: 10.4336/2011.pfb.31.68.273


Palavras-chave


Briquetes, Densidade energética, Variação volumétrica

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2011

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional