Pré-melhoramento de Populações de Imbuia

Antonio Nascim Kalil, Alexandre Jacobus Lopes, Luiz Gustavo Marzollo, André Santos Bortoleto, Elcio Hirano, José Alfredo Sturion

Resumo


A imbuia (Ocotea porosa) é uma espécie em extinção da Floresta Ombrófila Mista, cuja madeira possui alto
valor econômico. O objetivo deste trabalho foi efetuar a seleção genética precoce individual por meio do programa
Selegen REML/BLUP em germoplasma oriundo das populações de Colombo, PR, Canoinhas e Caçador, SC. Os
resultados mostraram que, de um total de 4.888 genótipos, 1.182 genótipos selecionados (42,9 %) eram de Colombo,
1.004 (36,4 %) de Canoinhas e 572 (20,7 %) de Caçador, num total de 2.758 genótipos selecionados. As estimativas
dos componentes de variância obtidas para altura de mudas mostraram que a variância genética aditiva dentro de
procedências (Va=6,62) é maior que a variância entre procedências (Vproc.=1,33), indicando a possibilidade de
predominância de alogamia nas populações estudadas. A herdabilidade individual no sentido restrito no bloco (h2
a),
ou seja, dos efeitos aditivos, foi de 0,29 ± 04. O coeficiente de variação genético individual (Cvgi %) foi de 18,72 %. A
classificação dos 50 melhores genótipos mostrou ganho de 5,66 cm a 8,72 cm, com estimativa de médias da geração
seguinte variando de 19,04 cm a 22,45 cm (de 41,19 % a 63,46 % de superioridade). A procedência Colombo contribuiu
com 56 % dos 50 melhores genótipos, Canoinhas com 40 % e Caçador com apenas 4 %.

Palavras-chave


Procedência; progênie; ganho genético.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2010

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES:

ASP / Ebsco, AGRIS, Agrobase / Binagre , BDPA, CABI Direct, CCN, CIRS, Diadorim , DOAJ, e.journals, Forestry Compendium, Genamics JournalSeek, Google Acadêmico, Journals for free, Latindex, Livre, Miar, OasisbrPortal da Capes, RCAAP, Road, Sabiia, Scilit, Redib

.

Pesquisa Florestal Brasileira
Brazilian Journal of Forestry Research

 

Este periódico é afiliado à Associação Brasileira de Editores Científicos.


Os originais publicados na Pesquisa Florestal Brasileira estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional