Etiologia e Manejo das Doenças da Pupunheira no Brasil

Autores

  • Rudimar Mafacioli Syngenta
  • Alvaro Figueredo dos Santos Embrapa Florestas
  • Dauri José Tessmann Universidade Federal de Maringá
  • João Batista Vida Universidade Federal de Maringá

Palavras-chave:

Pupunha, doenças, pragas, manejo integrado, Bactris gasipaes

Resumo

A maioria dos problemas fitossanitários em pupunheira (Bactris gasipaes. var. gasipaes) é de ocorrência restrita a alguns plantios. Porém, com a expansão das áreas plantadas, a pressão das doenças aumenta, tanto nos viveiros de produção de mudas quanto em áreas de plantio comercial, potencializando o nível de danos causados pelas doenças. A antracnose (Colletotrichum gloeosporioides) é a enfermidade mais importante das pupunheiras no território brasileiro, mas outros patógenos como Phytophthora palmivora e Fusarium spp. vêm também ocorrendo em viveiros e em plantios. Outro problema que deve ser motivo de preocupação é a baixa qualidade sanitária das sementes utilizadas. Nesta revisão, são relatados os mais importantes resultados obtidos nas pesquisas fitopatológicas sobre a cultura, assim como os aspectos culturais mais relevantes. Discute-se a etiologia e as perspectivas para o manejo das principais doenças da pupunheira, com base em dados obtidos no Brasil e nos demais países onde a espécie é plantada. doi: 10.4336/2009.pfb.58.61

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MAFACIOLI, R.; SANTOS, A. F. dos; TESSMANN, D. J.; VIDA, J. B. Etiologia e Manejo das Doenças da Pupunheira no Brasil. Pesquisa Florestal Brasileira, [S. l.], n. 58, p. 61, 2010. Disponível em: https://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/37. Acesso em: 25 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigos de Revisão